Menu
PT (BR)

Resumo AdGuard: ascensão do bloqueio de anúncios, nova ferramenta da OpenAI e mais

Mais da metade dos americanos agora bloqueiam anúncios, segundo relatório

Os bloqueadores de anúncios se tornaram uma parte integral da vida digital para cerca de 52% dos americanos, de acordo com uma nova pesquisa realizada pela empresa de pesquisa Censuswide. Isso representa um aumento significativo em relação a 2022, quando foi relatado que apenas cerca de 34% dos americanos usavam software de bloqueio de anúncios.

Quando se trata de profissionais de publicidade, programação e segurança que conhecem a indústria de anúncios por dentro e por fora, os números são ainda mais impressionantes. Entre dois terços e três quartos dos profissionais dessas indústrias usam bloqueadores de anúncios. Os usuários de bloqueadores de anúncios disseram aos pesquisadores que usam esses programas para proteger sua privacidade (cerca de 20%), enquanto cerca de 18% afirmaram que sua preocupação principal é bloquear anúncios. Cerca de 9% também disseram que os bloqueadores de anúncios ajudam a carregar as páginas mais rapidamente. A pesquisa foi conduzida em nome da Ghostery, fabricante de software de bloqueio de anúncios.

Os resultados da pesquisa sugerem que o bloqueio de anúncios se tornou cada vez mais comum à medida que mais pessoas percebem que isso facilita e torna a navegação na web mais conveniente. O fato de que a maioria das pessoas agora vê o software de bloqueio de anúncios não apenas como uma maneira de se livrar de anúncios irritantes e invasivos, mas também como uma forma de proteger sua privacidade, sugere que as pessoas estão mais conscientes dos riscos de privacidade associados à publicidade direcionada, ou seja, que envolve a coleta extensiva de suas informações pessoais. E isso é um bom sinal.

Receita para o desastre? OpenAI revela ferramenta que pode ajudar a criar deepfakes de voz

A OpenAI, fabricante do ChatGPT, revelou uma prévia de seu novo produto chamado Voice Engine. A ferramenta é um modelo de IA que converte texto em fala e é supostamente capaz de criar uma voz sintética. Para gerar uma cópia da voz, é necessário alimentar o modelo com um trecho de áudio gravado de 15 segundos.

Embora a ferramenta possa ser útil para aqueles que precisam de assistência na leitura, por exemplo, houve preocupações sobre seu potencial para abuso. A existência de tecnologia que pode imitar qualquer voz com base em uma amostra tão pequena pode abrir caminho para uma nova onda de golpes telefônicos e até mesmo violações de segurança. Embora existam ferramentas no mercado que podem imitar uma voz real, a OpenAI se orgulha de que seu produto se destacaria devido a uma maior qualidade na fala de saída.

A OpenAI afirma que não lançará a nova ferramenta ao público ainda, citando a necessidade de implementar medidas de mitigação para que não seja abusada por indivíduos mal-intencionados.No entanto, é quase impossível garantir que uma ferramenta tão poderosa não será explorada por cibercriminosos uma vez que estiver disponível. Portanto, por mais que seja fascinante ver avanços adicionais na geração da fala alimentada por IA, as consequências de um avanço rápido demais, sem medidas de segurança adequadas, podem ser muito graves.

TikTok é colocado à prova por suspeitas de violações de privacidade e segurança

A Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC) está investigando a suposta falha do TikTok em cumprir as leis de segurança e privacidade do país. Autoridades dos EUA estão investigando se a plataforma de vídeos curtos mais popular do mundo violou a Regra de Proteção Online para Crianças, que exige que as empresas obtenham o consentimento dos pais antes de coletar dados de qualquer pessoa com menos de 13 anos.

O órgão regulador também está investigando se o TikTok violou a lei ao praticar “práticas comerciais injustas ou enganosas”. Essa acusação está relacionada ao relato de que o TikTok permite que indivíduos localizados na China acessem dados de usuários dos EUA.

O TikTok tem estado à beira de ser obrigado a sair dos EUA há algum tempo. O projeto de lei que forçaria o TikTok a se desfazer ou ser banido do país já foi aprovado pela Câmara Baixa do Congresso dos EUA e agora está sendo debatido pelo Senado. E embora os legisladores dos EUA tenham indicado que não vão se apressar em aprovar o projeto de lei, o presidente dos EUA, Joe Biden, já disse que o assinará se for enviado a ele.

Embora as preocupações sobre o TikTok sejam válidas, é importante aplicar a mesma escrutínio a outras redes sociais que coletam dados do usuário. O foco não deve ser apenas nas raízes chinesas do TikTok devido à sua empresa controladora, a ByteDance. Em vez disso, precisamos colocar todas as redes sociais sob o mesmo olhar crítico.

Chatbot apoiado pelo governo de Nova York dissemina desinformação

Nunca confie demais em seus amigos movidos a IA — é isso que temos pregado desde que os assistentes movidos a IA se tornaram parte integrante de nossas vidas diárias nos últimos anos. Mas empresas, e agora governos, têm abraçado a IA em um ritmo vertiginoso e agora estão enfrentando as consequências. Um exemplo disso é o governo da cidade de Nova York.

Lançado em outubro passado como uma extensão de um portal da cidade, o chatbot foi flagrado disseminando informações enganosas sobre questões legais. De acordo com uma investigação do The Markup, o chatbot afirmou que os funcionários poderiam dar gorjetas aos seus chefes e aconselhou que os proprietários têm o direito de discriminar potenciais inquilinos com base em sua fonte de renda.

O chatbot é alimentado pelos serviços da Azure da Microsoft. Em resposta às críticas, a administração do prefeito de Nova York apontou que o chatbot é acompanhado por um aviso de que as pessoas devem verificar suas respostas antes de confiar em seus conselhos. Mas quem lê as letras miúdas?

Essa questão com o chatbot da cidade de Nova York serve como uma lição de cautela. Embora a automação possa simplificar processos, a confiança cega em algoritmos falhos apresenta o risco de manchar reputações e fazer mais mal do que bem. Encontrar um equilíbrio entre tecnologia e supervisão humana é crucial para a nova era da IA, mas isso está se mostrando difícil por enquanto.

Gostou deste post?

AdGuard para Windows

AdGuard para Windows é mais do que um bloqueador de anúncios. É uma ferramenta multiusos que bloqueia anúncios, controla o acesso a sites perigosos, acelera o carregamento de páginas e protege as crianças de conteúdos impróprios.
Revisões: 14235
4,7 de 5
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Leia mais

AdGuard para Mac

Ao contrário de outros bloqueadores de anúncios, o AdGuard foi projetado pensando nas especificações do macOS. Não só fornece defesa contra anúncios no Safari e outros navegadores, mas também lhe protege contra rastreamento, phishing e fraudes.
Revisões: 14235
4,7 de 5
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Leia mais

AdGuard para Android

AdGuard para Android é a solução ideal para dispositivos móveis Android. Ao contrario dos outros bloqueadores de anúncios, o AdGuard não requer acesso ao usuário root e oferece uma ampla gama de recursos: filtragem em aplicativos, gerenciamento de aplicativos e muito mais.
Revisões: 14235
4,7 de 5
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença

AdGuard para iOS

O bloqueador de anúncios mais avançado para o Safari: faz esquecer os anúncios pop-up, acelera o carregamento de páginas, e protege os seus dados pessoais. Uma ferramenta manual de bloqueio de elementos e configurações altamente personalizáveis ajudam-no a adaptar a filtragem às suas necessidades exactas.
Revisões: 14235
4,7 de 5
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença

Extensão de navegador AdGuard

O AdGuard tem a extensão de bloqueio de anúncios mais leve, rápida e que efetivamente bloqueia todos os tipos de anúncios em todas as páginas da internet! Escolha o AdGuard para o navegador que você usa e obtenha uma navegação gratuita, rápida e segura.
Revisões: 14235
4,7 de 5

AdGuard para Safari

As extensões de bloqueio de anúncios para o Safari estão enfrentando dificuldades desde que a Apple começou a forçar o uso do novo SDK para todos. A extensão AdGuard deve trazer de volta a alta qualidade de bloqueio de anúncio para o Safari.
Revisões: 14235
4,7 de 5
App Store
Baixar
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença

AdGuard Home

O AdGuard Home é um servidor de DNS para bloqueio de anúncios e rastreamento em toda a rede. Depois de configurá-lo, ele abrange TODOS os seus dispositivos domésticos e você não irá precisar de nenhum programa instalado. Com o surgimento da Internet das coisas e dispositivos conectados, torna-se cada vez mais importante poder controlar toda a sua rede.
Revisões: 14235
4,7 de 5

Bloqueador de conteúdo do AdGuard

O Bloqueador de Conteúdo do AdGuard elimina todos os anúncios em navegadores para dispositivos móveis que ofereçem suporte a tecnologia para bloqueio de conteúdo — ou seja Samsung Internet e Yandex Browser. Embora seja mais limitado do que o AdGuard para Android, ele é gratuito, fácil de instalar e ainda oferece alta qualidade de bloqueio de anúncios.
Revisões: 14235
4,7 de 5
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Leia mais

Assistente do AdGuard

Uma extensão complementar para o AdGuard aplicativos para computador. Oferece acesso no navegador a funcionalidades tais como bloqueio de elementos personalizados, lista de permissões ou envio de um relatório de erro.
Revisões: 14235
4,7 de 5
Assistente para Chrome Este é o seu navegador atual?
Instalar
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Assistente para Firefox Este é o seu navegador atual?
Instalar
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Assistente para Edge Este é o seu navegador atual?
Instalar
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Assistente para Opera Este é o seu navegador atual?
Instalar
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Assistente para Yandex Este é o seu navegador atual?
Instalar
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Assistente para Safari Este é o seu navegador atual?
Se você não sabe qual é o seu navegador, tente a antiga versão antiga do Assistente, que você pode encontrar nas configurações da extensão do AdGuard.

AdGuard Temp Mail β

Um gerador de endereços de e-mail temporário gratuito que mantém você anônimo e protege sua privacidade. Nada de spam na sua caixa de entrada principal!
Revisões: 14235
4,7 de 5

AdGuard para Android TV

O AdGuard para Android TV é o único aplicativo que bloqueia anúncios, protege sua privacidade e atua como firewall na sua Smart TV. Receba avisos sobre ameaças da Web, use DNS seguro e aproveite o tráfego criptografado. Relaxe e assista suas séries favoritas com segurança de alto nível e zero anúncios!
Revisões: 14235
4,7 de 5
Baixando o AdGuard Clique no botão indicado pela seta para iniciar a instalação Selecione "Abrir" e clique em "OK", e então aguarde o download do arquivo. Na janela aberta, arraste o ícone do AdGuard para a pasta "Aplicativos". Obrigado por escolher o AdGuard! Selecione "Abrir" e clique em "OK", depois aguarde o download do arquivo ser finalizado. Na janela aberta, clique em "Instalar". Obrigado por escolher o AdGuard!
Instale o AdGuard no seu dispositivo móvel