Menu
PT (BR)

NameDrop: novo recurso do iPhone gera preocupações com a privacidade

Inúmeros departamentos de polícia dos EUA estão disparando avisos sobre uma nova funcionalidade lançada para os usuários de iPhone e no Apple Watch a partir da última atualização do sistema operacional. A funcionalidade, chamada “NameDrop”, simplifica o compartilhamento de informações de contatos entre dispositivos Apple que estejam próximos, mais especificamente relógios e celulares. A proximidade é uma palavra-chave, já que o compartilhamento somente é possível entre dois dispositivos Apple que estejam a alguns centímetros de distância.

O NameDrop é ativado por padrão e está disponível para todos os usuários que atualizaram para o iOS 17.1 ou watchOS 10.0. O simples fato de que a funcionalidade é automaticamente habilitada não foi muito bem recebida pelas autoridades dos EUA, que pediram aos usuários que a desativassem o mais rápido possível por questões de privacidade. Mas o que exatamente causou essa desconfiança? Essa funcionalidade realmente é uma ameaça à privacidade? Vamos esclarecer tudo isso.

Alarme falso ou uma real ameaça à privacidade?

Nos últimos dias, vários departamentos de polícia dos EUA, incluindo em Ohio, Flórida, Pensilvânia e Massachusetts, vêm pedindo pela desativação do “NameDrop”. A Divisão de Polícia de Ohio postou uma mensagem em sua página do Facebook pedindo o desligamento do “NameDrop” por parte de todos os usuários de iPhone. A mensagem foi acompanhada de um pedido de atenção especial aos pais, que deveriam certificar-se de que esta funcionalidade está desativada nos celulares de seus filhos “para que fiquem seguros também.”

Mensagem da polícia

Os avisos publicados pela polícia e reforçados pela mídia local deram o que falar, mas ninguém entrou em detalhes sobre o que faz com que o novo recurso da Apple seja tão perigoso em termos de privacidade. O máximo que se poderia assumir é que “aproximar iPhones” seria o suficiente para transferir dados e que nenhuma outra ação por parte dos usuários seria necessária. Isso de fato seria assustador: imagine que um cibercriminoso se aproxime de você, coloque o celular próximo ao seu e voilá: todas as suas fotos e informações de contato estão em risco.

No entanto, este não é o caso. A realidade é que a funcionalidade exige que tanto o usuário, quanto o destinatário da informação de contato precisam concordar com isso antes que transferência de fato ocorra. Além disso, é preciso que os celulares estejam posicionados de uma maneira específica, o que torna o intercâmbio de dados malicioso ou acidental muito mais improvável. Vamos entrar em detalhes para entender como o “NameDrop” funciona de fato.

Como funciona o NameDrop

O NameDrop permite que você compartilhe suas informações de contato com outro usuário de iPhone ou Apple Watch. Estas informações incluem sua foto de contato, o seu endereço de email e o seu número de telefone, dependendo do que você quiser compartilhar. A transferência acontece apenas se o seu dispositivo e o do receptor estiverem posicionados próximos uns aos outros.

Posição correta dos celulares
Fonto: captura de tela do tutorial da Apple para o NameDrop

Logo após, uma opção de compartilhamento de suas informações de contato aparecerão na sua tela e você precisará escolher exatamente o que quer fazer. É então que você escolhe se quer receber, compartilhar informação ou ambos.

Você pode escolher apenas receber ou compartilhar informações

Então é preciso decidir que informações você quer compartilhar, como endereços de email, número de telefone ou ambos e tocar em Compartilhar para começar a transferência. Caso você mude de ideia de última hora, você pode tocar em Cancelar para interromper a transferência enquanto ela ainda está em progresso. Você também pode cancelar a transferência simplesmente movendo o seu dispositivo para mais longe da pessoa com quem você está compartilhando as informações. Isso porque esta funcionalidade tem como base a tecnologia de conectividade Near-field Communication (NFC), usada apenas para transferências sem fio de curto alcance. Sim, trata-se do mesmo NFC que está por trás da grande maioria dos métodos de pagamento que permitem o pagamento através de celulares em lojas.

Você pode cancelar a transferência quando ela ainda está em progresso

No fim das contas, o máximo que outros usuários da Apple (e apenas usuários da Apple, já que a funcionalidade não é compatível com Android) podem tirar de você é uma foto de contato, seu email e número de telefone. A biblioteca do seu celular ou os seus contatos do iCloud, por exemplo, não estão nessa lista.

Você pode escolher quais informações compartilhar

Mas ainda existe algum risco?

Como qualquer outra nova tecnologia, o “NameDrop” não está completamente livre de riscos. A principal fonte deste risco, como sempre, é a natureza humana. Um estudo de 2019 revelou que aproximadamente 16% dos usuários de smartphones ainda não utilizam um código ou a biometria para bloquear o acesso a seus celulares. No entanto, no caso dos usuários de iPhone, não existe desculpa para deixar os seus celulares desbloqueados. Por padrão, os são bloqueados automaticamente após 30 segundos de inatividade, a menos que você altere esta configuração para um intervalos de tempo maior ou menor, ou então a desative completamente. Como alternativa, você pode bloquear a tela de seu iPhone manualmente com o botão lateral ou arrastando para baixo. Desbloquear o seu celular não deve ser um problema também, já que os usuários têm três formas diferentes de fazê-lo: Touch ID, Face ID ou por código.

Em resumo, a menos que a outra pessoa tenha acesso físico ao seu iPhone desbloqueado, há uma chance muito pequena de que a sua informação e contato seja vazada através do "NameDrop". E se o seu iPhone desbloqueado cair nas mãos de uma pessoa má intencionada, o "NameDrop" será a sua menor preocupação.

Assim, por mais que toda nova tecnologia tenha riscos inerentes, não existe motivo para pânico ou para desativar o “NameDrop” no seu iPhone. Mas pode ser uma boa ideia pedir que os seus filhos não compartilhem contatos nem celulares com estranhos.

Gostou deste post?
Ao carregar os comentários você concorda com os termos e políticas

AdGuard para Windows

AdGuard para Windows é mais do que um bloqueador de anúncios. É uma ferramenta multiusos que bloqueia anúncios, controla o acesso a sites perigosos, acelera o carregamento de páginas e protege as crianças de conteúdos impróprios.
Revisões: 14086
4,7 de 5
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Leia mais

AdGuard para Mac

Ao contrário de outros bloqueadores de anúncios, o AdGuard foi projetado pensando nas especificações do macOS. Não só fornece defesa contra anúncios no Safari e outros navegadores, mas também lhe protege contra rastreamento, phishing e fraudes.
Revisões: 14086
4,7 de 5
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Leia mais

AdGuard para Android

AdGuard para Android é a solução ideal para dispositivos móveis Android. Ao contrario dos outros bloqueadores de anúncios, o AdGuard não requer acesso ao usuário root e oferece uma ampla gama de recursos: filtragem em aplicativos, gerenciamento de aplicativos e muito mais.
Revisões: 14086
4,7 de 5
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença

AdGuard para iOS

O bloqueador de anúncios mais avançado para o Safari: faz esquecer os anúncios pop-up, acelera o carregamento de páginas, e protege os seus dados pessoais. Uma ferramenta manual de bloqueio de elementos e configurações altamente personalizáveis ajudam-no a adaptar a filtragem às suas necessidades exactas.
Revisões: 14086
4,7 de 5
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença

Extensão de navegador AdGuard

O AdGuard tem a extensão de bloqueio de anúncios mais leve, rápida e que efetivamente bloqueia todos os tipos de anúncios em todas as páginas da internet! Escolha o AdGuard para o navegador que você usa e obtenha uma navegação gratuita, rápida e segura.
Revisões: 14086
4,7 de 5

AdGuard para Safari

As extensões de bloqueio de anúncios para o Safari estão enfrentando dificuldades desde que a Apple começou a forçar o uso do novo SDK para todos. A extensão AdGuard deve trazer de volta a alta qualidade de bloqueio de anúncio para o Safari.
Revisões: 14086
4,7 de 5
App Store
Baixar
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença

AdGuard Home

O AdGuard Home é um servidor de DNS para bloqueio de anúncios e rastreamento em toda a rede. Depois de configurá-lo, ele abrange TODOS os seus dispositivos domésticos e você não irá precisar de nenhum programa instalado. Com o surgimento da Internet das coisas e dispositivos conectados, torna-se cada vez mais importante poder controlar toda a sua rede.
Revisões: 14086
4,7 de 5

Bloqueador de conteúdo do AdGuard

O Bloqueador de Conteúdo do AdGuard elimina todos os anúncios em navegadores para dispositivos móveis que ofereçem suporte a tecnologia para bloqueio de conteúdo — ou seja Samsung Internet e Yandex Browser. Embora seja mais limitado do que o AdGuard para Android, ele é gratuito, fácil de instalar e ainda oferece alta qualidade de bloqueio de anúncios.
Revisões: 14086
4,7 de 5
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Leia mais

Assistente do AdGuard

Uma extensão complementar para o AdGuard [aplicativos para computador](/pt_br/products.html). Oferece acesso no navegador a funcionalidades tais como bloqueio de elementos personalizados, lista de permissões ou envio de um relatório de erro.
Revisões: 14086
4,7 de 5
Assistente para Chrome Este é o seu navegador atual?
Instalar
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Assistente para Firefox Este é o seu navegador atual?
Instalar
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Assistente para Edge Este é o seu navegador atual?
Instalar
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Assistente para Opera Este é o seu navegador atual?
Instalar
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Assistente para Yandex Este é o seu navegador atual?
Instalar
Ao baixar o programa, você aceita os termos do Contrato de licença
Assistente para Safari Este é o seu navegador atual?
Se você não sabe qual é o seu navegador, tente a antiga versão antiga do Assistente, que você pode encontrar nas configurações da extensão do AdGuard.

AdGuard Temp Mail β

Um gerador de endereços de e-mail temporário gratuito que mantém você anônimo e protege sua privacidade. Nada de spam na sua caixa de entrada principal!
Revisões: 14086
4,7 de 5

AdGuard para Android TV

O AdGuard para Android TV é o único aplicativo que bloqueia anúncios, protege sua privacidade e atua como firewall na sua Smart TV. Receba avisos sobre ameaças da Web, use DNS seguro e aproveite o tráfego criptografado. Relaxe e assista suas séries favoritas com segurança de alto nível e zero anúncios!
Revisões: 14086
4,7 de 5
Baixando o AdGuard Clique no botão indicado pela seta para iniciar a instalação Selecione "Abrir" e clique em "OK", e então aguarde o download do arquivo. Na janela aberta, arraste o ícone do AdGuard para a pasta "Aplicativos". Obrigado por escolher o AdGuard! Selecione "Abrir" e clique em "OK", depois aguarde o download do arquivo ser finalizado. Na janela aberta, clique em "Instalar". Obrigado por escolher o AdGuard!
Instale o AdGuard no seu dispositivo móvel